Twitter Updates 2.2.1: FeedWitter

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Depilação Egípcia ou Depilação com linha

DEPILAÇÃO EGÍPCIA (COM LINHA)

A depilação Egípcia é uma técnica muito conhecida e utilizada há tempos em países como: Iraque, China, Tailândia e que finalmente chegou ao Brasil. Este novo método de depilação diminui progressivamente o número de pelos na região, não havendo a possibilidade de engrossar ou aumentar a quantidade dos mesmos.

O único material utilizado pelo profissional é linha de costura 100% poliéster. Esta nova técnica requer conhecimento, habilidade, delicadeza e firmeza das mãos do profissional para total segurança da cliente. Este método não tem contra indicações.
A depilação egípcia dever ser realizada em intervalos que variam de 30 à 40 dias. Respeitando o intervalo indicado, após a terceira aplicação da técnica a diferença é consideravelmente satisfatória.

Outras vantagens sobre a técnica da depilação Egípcia são:
• Eliminar 95% dos pelos sem agredir a estrutura dos mesmos ou o folículo piloso.
• Qualidade inigualável e maior durabilidade para a área depilada.
• Não existe a possibilidade de engrossar ou aumentar a quantidade de pelos.
• Pode ser utilizada na face completa (sobrancelhas, buço, testa, queixo, bochechas e laterais do rosto), por mulheres ou homens e em todos os tons de pele.
• Pode ser aplicada também no pescoço, barba, nuca, axilas, seios, barriga, virilha, braços, pois é mais eficaz em pelos curtos, ao contrário dos métodos tradicionais.
• Não provoca flacidez, alergias ou manchas no local depilado. Não encrava os pelos.
Com o atrito da linha na pele, além de eliminar os pelos, estará eliminando também as células mortas, clareando e melhorando o aspecto e qualidade da pele. Peles muito claras e sensíveis podem apresentar certa vermelhidão após o procedimento. Esta vermelhidão desaparece em minutos, podendo a cliente voltar ao trabalho ou ir a qualquer evento logo após a depilação.
Assim como em demais técnicas de depilação, não é possível eliminar a dor. A depilação Egípcia não agride a pele, apenas retira os pelos. Pessoas mais sensíveis à dor podem sentir maior desconforto pelo fato de a linha ser aplicada em regiões menores; conseqüentemente, mais demorada. É possível a aplicação de anestésico em creme formulado. Algumas pessoas; porém, não sentem dor alguma com o método.
Novidades são sempre bem vindas, desde que sejam aplicadas por profissionais conscientes, que têm a preocupação em se reciclar, atualizando assim, seus conhecimentos.
O profissional avalia o comprimento do pelo e a área a ser depilada. Informa o tempo necessário para executar o procedimento, instrui sobre a sensibilidade na região e é quem irá informar o valor de cada região a ser depilada.

Andréa Malagoni – Maquiadora

Nenhum comentário:

Postar um comentário